18 de fevereiro de 2008

... e escolherás


Com carinho desenhei este planeta

Com cuidado, aqui plantei o meu jardim.

Com alegria eu sonhei um paraíso,

Para a vida, dom de amor que não tem fim.


Ponho então à tua frente

Dois caminhos diferentes

Vida e morte,

e escolherás.


Sê sensato escolhe a vida!

Parte o pão cura as feridas!

Sê fraterno e viverás.


Fiz o homem e a mulher a minha imagem;

Por amor e para o amor, eu os criei.

Com meu povo celebrei uma aliança.

O caminho da justiça ensinei.

Com tristeza vejo a vida desprezada;

nos meus filhos e em toda natureza.

Me entristecem tantas vidas abortadas,


Dói em mim a violência e a pobreza.

Pelas margens desta vida há tanta gente

Que implora por justiça e dignidade.

Respeitar, cuidar da vida é o que te peço.

Vai transforma tua fé em caridade.

Nenhum comentário: